Adão e Eva – Vale tudo por amor?

images-15.jpg.jpeg

Se o Facebook tivesse sido criado na semana da criação, o Universo inteiro teria curtido o novo status de Adão: “Em um relacionamento sério com Eva <3”. Poderia ter comentários do tipo: “Casal perfeito!! Que Deus abençoe vocês” e “sabia que vcs ficariam juntos. Dá pra ver que foram criados um pro outro.” E realmente eram um casal perfeito. Perfeitamente criados um pro outro.

Adão era mais velho. Pra falar a verdade, só algumas horas. Adão era tão “macho”, que mal tinha acabado de nascer e já sentia a falta de uma mulher. Ele era responsável por cuidar e  cultivar o jardim, e uma de suas primeiras tarefas foi dar nome aos animais. E foi ao notar que cada animal tinha um par, que Adão sentiu a a falta de uma companheira. A Bíblia diz: “Assim o homem deu nomes a todos os rebanhos domésticos, às aves do céu e a todos os animais selvagens. Todavia não se encontrou para o homem alguém que o auxiliasse e lhe correspondesse” (Gênesis, 2.20). O homem sozinho sempre sente a falta de alguém.

Você já esteve algum dia solteiro? Talvez você me responda:”Sim, eu estive TODOS os dias da minha vida solteiro.” Ou então você diga: “Ah, eu queria ser solteiro pelo menos um dia, porque todo dia é muito ruim!” Pois é, saiba que Adão já se sentiu assim também. Sabe aquele dia que você sai na rua, e parece que todo mundo tá namorando? Você anda um pouco, e vê um casal de adolescentes de mãos dadas. Anda mais um pouco e vê um casal de velhinhos se beijando. Chega na esquina, e encontra um casal de cachorrinhos lambendo o focinho um do outro. Todo mundo com alguém, e você continua sozinho. Foi exatamente assim que Adão se sentiu.

Sentir a falta de alguém, quando se está sozinho, é completamente normal. Mas veja o que a Bíblia diz no verso 18, de Gênesis 2: 18: “Então o Senhor Deus declarou: ‘Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda.'” Viu só? Dois versos antes de Adão ver a necessidade de uma companheira, Deus já havia percebido isso. Se você sente a necessidade de algo, saiba que Deus conhece sua necessidade muito antes de você. Se você percebe que precisa de alguém do seu lado, não se desespere. Assim como Adão, continue fazendo a obra que Deus lhe deu, que o Senhor mesmo te dará o que você precisa.

Depois disso tudo, Deus cria Eva. Cara, pensa numa mulher linda! Corpo perfeito, sem nenhum defeito. Um rostinho que faria qualquer homem suspirar. A mulher mais bonita do planeta! – até porque era a única. Enfim, juntando isso tudo, não tinha como Adão não se apaixonar. E foi justamente isso que aconteceu. Adão ficou tão encantado com a garota, que até fez um poema: “Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada.”(Gênesis, 2.23)

E o resto da história você já sabe. Veio a serpente, enganou a Eva, fazendo ela comer do fruto que Deus não havia permitido. Eva, por sua vez, levou o fruto a Adão, e ele também comeu. E o resultado disso tudo você conhece: este mundo de pecado em que vivemos. Eva foi enganada pela serpente. Mas e Adão?

Em 1 Timóteo 2.14, lemos: “E Adão não foi enganado, mas sim a mulher que, tendo sido enganada, tornou-se transgressora.” Viu só? A mulher foi iludida pela astúcia da serpente, mas o homem, por sua vez, sabia exatamente a “mancada” que estava cometendo. Ele SABIA que aquilo era errado. Adão foi rebelde. Então, por quê Adão cometeu esse ato de rebeldia? Por amor. Então eu lhe faço outra pergunta: vale tudo por amor?

Adão se apegou tanto a Eva, que não queria se separar dela. Não queria perder o melhor presente da sua vida. Não queria perder aquela mulher que lhe arrancou tantos sorrisos e suspiros, e que era a personagem principal de seus melhores sonhos e lembranças. Então ele pensou: “ah, quer saber? Vou largar este paraíso em que eu vivi minha vida toda, vou abandonar meu emprego de jardineiro aqui no Éden, vou abrir mão do meu relacionamento com meu Pai, e vou seguir meu grande amor!” Linda história, né? Só que não. Será que vale a pena abandonar tudo que Deus já te deu, tudo que está de acordo com a vontade dele, pra ir atrás de um amor, por maior que ele seja?

Desde a época de Adão, o mundo tenta nos dizer que vale tudo por amor. Na mitologia grega, e em outras lendas, vemos guerras, mortes, e até mesmo filhos que buscam um relacionamento amoroso com suas mães. Mas tudo isso por amor. No mundo do rock, Frejat já  cantava: “por você eu viajaria à prazo pro inferno.” No mundo sertanejo, Leonardo emocionava as multidões cantando: “eu deixaria tudo se você ficasse, meus sonhos, meu passado, minha religião.” E se formos em outros estilos de músicas seculares, encontraremos exemplos semelhantes. Aí vêm as novelas, séries, e muitos filmes românticos, pregando que vale tudo por amor: traição, mentiras, ódio, assassinatos, divórcios, família destruídas, comunicação com os mortos, sexo sem compromisso, entre muitas outras ideias contrárias aos ensinamentos bíblicos. Junte isso tudo, e o resultado é uma geração dominada por suas paixões, que na busca pelo grande amor, abandona sua fé, foge de casa, desfaz seu casamento, e que é capaz até de matar, por causa de um amor.

Meu amigo, e principalmente você, minha amiga: não vale tudo por amor. Não vale a pena perder a sua salvação, por qualquer amor deste mundo. Não vale a pena perder a vida eterna, por qualquer sentimento, passageiro ou duradouro. Não vale a pena se envolver com alguém de outra crença, pois isso só irá abalar sua própria fé. Não vale a pena namorar alguém que vive em desacordo com a vontade de Deus, apenas porque você se sente bem ao lado dele, ou dela. Não vale a pena fazer qualquer coisa que desagrade a Deus, em prol de um sentimento, por mais nobre que ele pareça.

Que pena que Adão não confiou na providência divina! O mesmo Deus que lhe deu uma companheira, era poderoso para lhe suprir mais uma vez a necessidade. Talvez Deus tivesse criado outra mulher. Talvez. Mas talvez, o Jesus que eu conheço, tivesse vindo da terra, e teria sofrido, e morrido somente por Eva. Se fosse preciso, Jesus teria morrido apenas pra TE salvar. Por esse amor, divino e incondicional, vale a pena qualquer sacrifício.

Mas quero que saiba de uma coisa: se você já fez uma má escolha em seu relacionamento, se tomou alguma decisão errada, movida por seus próprios sentimentos, Deus continua te amando. Deus continuará indo atrás de você, assim como foi atrás de Adão. Se tentar fugir de Deus, Ele continuará perguntando: “Onde estás?”

Mas não se esqueça: por mais que Deus continue te amando, Ele não te livrará das consequências de suas escolhas. Deus continuou cuidando de Adão. Deus deu quase mil anos de vida para ele! Creio que Adão  será salvo. E eu espero um dia, encontrar Adão no céu. Mas por causa de uma decisão errada, de uma ação de desobediência a Deus, movido pela paixão, o homem foi expulso com sua mulher do Paraíso. A morte entrou neste planeta. Seu primeiro filho se tornou uma assassino. E a humanidade já sofreu por seis mil anos de pecado.

Deus pode te perdoar, mas nem sempre Ele te livrará das consequências de suas escolhas. Deus pode te perdoar por se envolver sexualmente com alguém que não é seu marido, mas se você engravidar, Ele não vai tirar a sua barriga. Ele pode te perdoar por trair sua esposa, mas se seu casamento não resistir, e o próximo não der certo, lembre-se, que são apenas consequências. Deus têm bênçãos para todos, mas algumas são exclusivas pra quem cumpre a Sua vontade. Não espere todas as bênçãos para um casamento que Ele não aprove. Se o casamento com alguém da mesma fé já é um desafio, imagine com alguém que não tem os mesmos princípios que você. Deus continuará contigo em uma união equivocada, mas as brigas e desentendimentos, devido ao seus princípios e ideais diferentes, virão. Então, ou vocês convivem a vida toda em discórdia, ou, pra resolver tudo isso, alguém terá que abrir mão dos seus princípios. Você está pronto, pra abrir mão de seus princípios? Será que valerá a pena? Lembre-se, que o que está em jogo é a sua salvação.

Todos nós, em algum momento, podemos ter feito más escolhas movidos pela paixão. Já está na hora de dar um basta nisto. Não caia na ilusão do amor proibido. Deus é amor. O verdadeiro amor nunca será proibido. Amar não é só sentir, amar é decisão. Decida-se pela pessoa certa, e pela maneira correta de amar. Não transforme a pessoa amada em um ídolo, que a faça afastar – se de Deus. Não permita que seus sentimentos o dominem, mas decida submeter suas vontades e sentimentos, à vontade de Deus. O verdadeiro amor coloca sempre a Deus em primeiro lugar. O verdadeiro amor aceita os mandamentos de Jesus, antes de aceitar qualquer pedido de namoro. O verdadeiro amor convida Jesus para todos os encontros.

Jesus está voltando, para buscar aqueles que O amam. Então nunca se esqueça: não vale tudo por amor, mas vale tudo por Aquele que nos amou primeiro. Decida viver uma amor de acordo com os planos de Deus, e aproveite as belas consequências dessa escolha em sua vida. Que Deus lhe abençoe. Te encontro no céu!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s